Que pena Saúde no Copo…

Quando dá uma aumentada na temperatura em Porto Alegre a gente acaba se animando mais a sair de casa né? Pois então, recentemente tivemos alguns dias mais quentes na cidade e em uma dessas tardes/noites nos veio a ideia “vamos sair para comer uma salada de fruta?”. Após pensarmos por alguns minutos, não encontramos grandes dificuldades de lembrar do Saúde no Copo e então nos dirigimos para a loja da Nilo Peçanha na esquina com a Carazinho.

A loja do Saúde no Copo.
A loja do Saúde no Copo.

Chegamos lá cerca de 30 minutos antes do fechamento do local, ainda com bastante claridade na rua, devido ao horário de verão. A loja estava bastante movimentada, com cerca de 15 ou 20 clientes. Ainda que tenhamos ido apenas comer uma salada de fruta, avistamos um BAURU VEGANO no cardápio! A gente não podia deixar de experimentar, então mesmo que não estivéssemos com muita fome pedimos um bauru, além da salada de frutas é claro. Ah, é importante ressaltar que descobrimos que não há salada de frutas no cardápio, apenas um mix de frutas que pode ser pedido com um caldo de frutas por um valor adicional.

Opa! Demos de cara com um Bauru Vegano.
Opa! Demos de cara com um Bauru Vegano.

Fizemos o pedido no caixa e sentamos em nossa mesa, no canto do grande salão do restaurante. Pudemos notar que mesmo após o fechamento do local, muitas pessoas ainda tentaram entrar na loja. Depois de uma espera relativamente longa o nosso pedido chegou.

O Bauru Vegano.
O Bauru Vegano.

img_4311

Obviamente a primeira coisa que provamos foi o bauru, que estava muito bonito. Mas, na hora que mordemos… Que decepção. Ainda demos mais algumas mordidas antes de comentar alguma coisa entre nós, na esperança de que fosse apenas a primeira mordida que nos decepcionasse, mas não. O sanduíche não tinha gosto nenhum, sem sal, sem temperos, completamente insosso. Pode-se dizer que as principais qualidades do bauru eram o pão e o tamanho.

O Mix de Frutas.
O Mix de Frutas.

Da mesma forma, o mix de frutas com caldo não atendeu as nossas expectativas, as frutas não tinham muito gosto (sabemos que isso pode ser um problema de fornecimento) e o caldo de frutas era extremamente doce, semelhante ao caldo de uma compota.

Sabemos que o Saúde no Copo disponibiliza várias opções veganas em seu cardápio e ficamos muito tristes de fazer uma avaliação negativa do local. Talvez tenha sido algum erro na cozinha ou apenas aquelas opções em específico que não estavam boas e por isso voltaremos em breve para provar outras opções, pois acreditamos que essa tenha apenas sido uma experiência infeliz.

Nota: *

Fica aí a dica do Veganista!
Quer sugerir um lugar pra gente visitar? Envie um e-mail para falecom@veganista.online 😉

Opção vegana na Bazkaria

A gente já sabia que a Bazkaria tinha opções veganas no seu cardápio, uma por “natureza”, outras que precisam ser modificadas em relação aos seus ingredientes, mas que ficam muito gostosas. Então, em uma sexta-feira quente resolvemos nos movimentar em direção ao Parcão para saborear as suas pizzas veganas.

O espaço da Bazkaria.
O espaço da Bazkaria.

Ao chegar no restaurante encontramos o salão interno cheio e, sendo assim, sentamos nas mesas que ficam do lado de fora, aproveitando a brisa que batia naquela noite. Pouco tempo depois fomos atendidos por um garçom muito simpático, mas que se mostrou um pouco confuso em relação aos sabores veganos do cardápio, sugerindo algumas opções com queijo. Depois de explicarmos o que era uma opção vegana, ele foi capaz de nos ajudar.

Ambiente externo da Bazkaria.
Ambiente externo da Bazkaria.

Após analisar as possibilidades, optamos pelo sabor Tammy Dêví, opção que consta no cardápio como “Pizzas light” (não há um ítem “Pizzas veganas”, elas estão espalhadas pelo cardápio). Esse sabor é composto de chicória refogada, tomate e cebolas em rodelas e azeitonas pretas. Originalmente ela vem também com tofú, mas naquele dia optamos por pedir sem.

Salão onde jantamos :)
Salão onde jantamos :)

Acabamos encontrando uma mesa no salão interno da Bazkaria e para lá nos mudamos. Não demorou muito para que a nossa pizza grande (8 fatias) chegasse. Já no primeiro pedaço pudemos confirmar que havíamos acertado no sabor do pedido, a mistura de sabores estava muito gostosa e a massa bem fininha e crocante, exatamente do jeito que a gente gosta.

Habemus...
Habemus…
img_4149
… Pizza!

Conforme falamos antes, existe uma opção vegana no cardápio da Bazkaria (que foi essa que pedimos), mas uma série de outras que podem ser adaptadas. Por exemplo, há uma lista de pizzas chamadas “Pizzas Veggies” que contém queijo, mas o restaurante é bem flexível quanto a adaptação dos sabores, ou seja, dá pra pedir pra tirar o queijo e colocar tofú ou algum outro ingrediente. É importante ressaltar que a massa comum deles não é vegana, a pizza vegana deve ser pedida com a massa integral. Infelizmente, não há no cardápio uma opção vegana de sobremesa.

É claro que o que sobrou a gente levou pra casa :D
É claro que o que sobrou a gente levou pra casa :D

Na nossa opinião, a Bazkaria oferece uma gama interessante de opções veganas em seu cardápio, permitindo inclusive a variação de sabores, aumentando a possibilidade de voltar ao estabelecimento com mais frequência.

Nota: ****

Fica aí a dica do Veganista!
Quer sugerir um lugar pra gente visitar? Envie um e-mail para falecom@veganista.online 😉

Tele xis/bauru vegano

Uma dúvida bem comum que a gente tem, volta e meia, é: “Vamos sair para comer algo ou chamar alguma coisa?”. Semana passada optamos pela segunda opção, o que nos levou a uma segunda questão: “Quem tem tele-entrega de comida vegana em Porto Alegre?”. Pesquisando aqui e ali encontramos o pessoal do B Bauru, que possui algumas opções veganas no seu cardápio.

Preparar...
Preparar…

Fizemos o pedido por telefone, ainda que existam várias opções de aplicativos para celular onde o pessoal está cadastrado, como descobrimos depois. A entrega demorou um pouquinho para acontecer, mas acreditamos que mais porque era final de semana e que o nosso endereço é bastante distante da sede do B Bauru.

Apontar...
Apontar…

Optamos pelo “Xis Vegano Mussarela”, que era feito de hambúrguer de falafel (grão-de-bico temperado), queijo mussarela vegano, milho, ervilha, alface e tomate. Nosso pedido estava bastante gostoso, satisfazendo a vontade de uma refeição mais “junkie food” (quem nunca, né?). O tamanho do xis também era ótimo e terminamos de comê-lo completamente satisfeitos.

Atacar!
Atacar!

Acreditamos que o B Bauru ofereça boas opções veganas em tele-entrega para quem procura por um lanche em casa. Além de opções de xis vegano, eles também oferecem bauru, saladas e porções. Infelizmente não há nenhuma opção de sobremesa vegana.

Nota: ***

Fica aí a dica do Veganista!
Quer sugerir um lugar pra gente visitar? Envie um e-mail para falecom@veganista.online 😉

Regalito da Zero Zero

Essa semana a gente teve uma surpresa muito bacana. Recebemos uma mensagem no Facebook: “Vocês vão estar disponíveis amanhã pela manhã?”, eram as nossas queridas da Zero Zero querendo nos trazer um pãozinho para alegrar a nossa manhã.

Logo cedo na manhã do dia seguinte o nosso interfone tocou, eram elas trazendo o presente. Segundo as meninas, recebemos o produto que é o carro chefe delas,  60% integral com aveia, açúcar mascavo, castanha do Pará, azeite de oliva e uvas passas, tudo com farinhas orgânicas (e tudo vegano, é claro!). E aí descobrimos que a palavra “pãozinho” só poderia ser utilizada pelo cuidado com que é feito, pois o pão é bem grande!

Olha que coisa querida o presente que a gente ganhou!
Olha que coisa querida o presente que a gente ganhou!

O pão era muito gostoso, casquinha crocante e miolo macio, extremamente saboroso a ponto de poder ser consumido puro, sem qualquer pastinha. Tanto é que o nosso não durou nem até a noite daquele dia 😀

É importante ressaltar que nem todos os produtos da Zero Zero são veganos, então vale a pena falar com as meninas para saber quais outros produtos do mix delas são adequados para quem não consome produtos de origem animal. Até porque quanto mais pessoas pedirem, mais opções elas vão ter né?

O "pãozinho" da Zero Zero.
O “pãozinho” da Zero Zero.

Nota: como essa experiência é bem diferente das demais que tivemos até agora com o Veganista, decidimos não realizar essa avaliação, por entender que não seria justo nem com as meninas da Zero Zero, nem com as outras empresas aqui avaliadas.

Fica aí a dica do Veganista!
Quer sugerir um lugar pra gente visitar? Envie um e-mail para falecom@veganista.online 😉